Facebook - Pousada das Cavernas      

Escritório em São Paulo

+55 11 3814.9153
Segunda à sexta, das 9h às 18h

RESERVAS
Nome:
E-mail:
Check in:
Noites:
Adultos:

Crianças:

Idade das Crianças:

 



PETAR

 

O Petar está localizado nas escarpas da Serra de Paranapiacaba , sul do estado de São Paulo, junto aos municípios de Apiaí e Iporanga. Com área de 35 mil hectares, abriga valioso patrimônio natural, faunístico, florístico e arqueo-paleontológico.

 

Uma das mais preservadas coberturas vegetais da Mata Atlântica, abrigando florestas virgens, vales e montanhas intocadas, rios e cachoeiras de águas cristalinas, além de mais de 300 cavernas. O Petar foi criado em 1958 e atualmente é administrado pelo instituto florestal que cuida da infra estrutura implantada.

 

Fundação Florestal inicia planos de manejo espeleológicos.

 

Em 2009 começou o trabalho de construção dos planos de manejo Espeleológicos de cavernas do Parque PETAR e demais áreas de conservação da região.

 

Estes planos de manejo vão organizar o uso das cavernas para o turismo e criar orientações para as intervenções futuras de modo reduzir ao mínimo os impactos do homem nas visitações às cavernas.

 

Já desde o início do século XX acontece alguma atividade turística nas cavernas do Vale do Ribeira, inicialmente no Núcleo Caboclos do PETAR e no atual Parque Ecológico Caverna do Diabo. Nestes mais de 50 anos de visitação às cavernas, os perfis do público foram variados. Nos parques predominam estudantes de primeiro e segundo graus, famílias e grupos de amigos; mas também pesquisadores e Espeleológicos que se dedicam à exploração e estudos das cavidades subterrâneas.

 

Com o aumento do número de visitantes, cada vez mais é necessário organizar a visitação de modo a preservar à imensa riqueza natural destas cavernas e propiciar sua apreciação pelas próximas gerações. (Fonte: Instituto Florestal). O PETAR está dividido em quatro núcleos de visitação Núcleo Santana, Ouro Grosso, Casa de Pedra e Caboclos.

 

O PETAR não é apenas um local para se descansar e curtir a natureza. É também um lugar para se praticar muitos esportes radicais.

 

História de Iporanga

 

Situada no Alto Vale do Rio Ribeira de Iguape, Iporanga é uma das mais antigas povoações do Estado de São Paulo, surgida no século XVI com a exploração do ouro. Além disso, como comprovam vários sítios arqueológicos com mais de 4.000 anos, a região já era ocupada por grupos indígenas. No final do século XVIII o antigo arraial, situado 6 km rio Iporanga acima, se transferiu para o sítio atual na foz desse rio com a Ribeira. Sua Igreja Matriz, foi construída entre 1814 e 1821 e cercada por um belo casario colonial que, em 1979 foi tombado como Patrimônio Histórico Estadual. Transformado em Município a 12 de janeiro de 1874, Iporanga teve sua história econômica baseada na mineração (ouro, chumbo e calcário), na agricultura de subsistência e no extrativismo do palmito. Com uma população com cerca de 5.000 habitantes, em grande parte rural, manteve importantes tradições culturais na arquitetura, no artesanato, na agricultura, no modo de vida e nas festas religiosas como as romarias e a festa realizada a cada dia 31 de dezembro.

OPERADORAS LOCAIS